20060202

C:\>Boa noite_


Good Night, and Good Luck. está para a ficção como os filmes de Michael Moore estão para os documentários. Ou seja, apesar de estarem inseridos num dos géneros aproximam-se mais de um nível híbrido.

Clooney quis lembrar o jornalista Edward R. Murrow e a sua equipa da CBS na luta que desencadearam contra McCarthy e a “caça às bruxas”. Um tema já nada polémico, pois dos states estamos já fartos de importar filmes sobre este período. Ao colocar o ponto de vista neste jornalista, consegue no entanto um excelente manifesto aos media actuais.

Para mim o principal mérito que tem como realizador e argumentista é conseguir introduzir todo o material de arquivo protagonizado pelo senador anti-comunista sem prejudicar a homogeneidade do filme, o que muito terá contribuído a escolha do preto e branco. Contudo, desse aspecto homogéneo penso que poderá vir o problema de Good Night, and Good Luck.. É que é tudo tão crível e episódico que nunca nos é apresentada a componente dramática. Vemos, assimilamos e não nos interrogamos com o que sucederá com a história e respectivas personagens. Um misto de contemplação e indiferença.

Termino com a tagline do filme “In A Nation Terrorized By Its Own Government, One Man Dared to Tell The Truth.”… no comments!

4 Comments:

Blogger Knoxville SHARE

Não aguento mais o dia que isto chegue ao cinema. Este, Walk the Line e o Munich, que já cá está mas que não o vi ainda.

Cumprimentos.

2/02/2006 08:35:00 da tarde  
Anonymous S0LO SHARE

Já tive acesso a este filme e posso dizer que é uma boa surpresa. Não concordo quando dizes "nunca nos é apresentada a componente dramática".

Para mim, David Strathairn tem uma interpretação excelente e quando ele fala parece que estou a ouvir aquelas vozes antigas de rádio e televisão. É um drama e dá que pensar!

Abraço

2/04/2006 12:01:00 da tarde  
Blogger nuno SHARE

knoville: cuidado com as expectativas...

solo: pq dizes boa surpresa? n estavas à espera q fosse bom?

2/15/2006 11:33:00 da manhã  
Anonymous S0LO SHARE

É que como não gostei muita da primeira experiência de George Clooney como realizador, tinha receio que este também não fosse muito bom...mas estava enganado. É um excelente filme, quiçá dos melhores do ano :)!

Abraço

2/18/2006 12:35:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home